3.9.11

[Resenha] Chama Negra, Os Imortais #4 - Alyson Noel

Título: Chama Negra (Dark Flame)
Autora: Alyson Noel
Número de páginas: 248
Editora: Intrínseca
Sinopse: Enquanto tenta ajudar Haven na transição para a vida imortal e libertar Damen do feitiço que não a permite tocar nele, Ever se aprofunda mais e mais nos mistérios da magia negra. O feitiço, porém, vira contra a feiticeira, e ela se vê presa a seu maior inimigo: Roman. A força estranha e poderosa que toma conta de seu corpo impede que Ever consiga parar de pensar nele e de desejá-lo. Ela quer resistir à atração incontrolável que a está consumindo. Ele quer se aproveitar desse momento de fraqueza. A ponto de se render, Ever procura a ajuda de Jude, arriscando tudo e todos para salvar a própria vida e seu futuro com Damen...

Atenção: a resenha pode conter spoiler para quem não leu os livros anteriores.
Quando peguei Chama Negra para ler eu estava bastante ansiosa. Apesar de ter ficado um pouco irritada com Terra de Sombras, estava com boas expectativas para esse livro e não me decepcionei.
Tudo que me irritou no anterior, não se repetiu nesse.
Sim, o livro é bem mais ágil e isso me deixou maluca, tanto que eu o devorei em um tapa.
No quarto livro Ever está tentando consertar as besteiras que fez no livro anterior. E, a principal delas, é desmanchar o feitiço de amarração que acabou dando errado. Sem esquecer, é claro, de sua incessante procura em busca do antídoto que permita que ela e Damen possam ficar juntos. De verdade. De vez.
Junte a essa conta a ajuda que ela pretende dar a Haven, para que ela possa passar da melhor forma possível por essa transição de humana para imortal. Mas, como sempre acontece com a Ever. Tudo dá errado.
Tentando consertar o feitiço ela acaba piorando as coisas e tentando ajudar Haven acaba abalando de vez a amizade das duas. Por inúmeros motivos, mas o principal, com certeza, é Roman.
Damen ainda está daquele jeito meio compreensivo demais, que me irrita, mas não deixa de ser perfeito. E Jude... Ah, Jude dispensa comentários.
Me apaixonei ainda mais por ele nesse livro.
Gostei muito do livro. Mesmo.
Para mim deu um novo fôlego a série, que estava meio perdida desde de Lua Azul. 
Há inúmeras revelações e descobertas, inúmeros ensinamentos e um final... Surpreendente e com aquele suspense de sempre.
Sério, terminei e pensei: "como assim?"
A Ever até conseguiu conquistar mais a minha simpatia, Jude me ganhou de vez, Damen... ainda é minha maior paixão literária, Haven continua sendo a mais chata da série e Roman, com algumas revelações que há no livro, até que conseguiu fazer eu mudar meus pensamentos em relação a ele. Mas só um pouquinho.
Acho que atos de terceiros não justificam os nossos atos e eu continuo não gostando dele.
No mais, é um livro muito bom e que me deixou super maluca pela sequência: Estrela da Noite. Preciso saber qual é a besteira que Ever vai fazer dessa vez haha
Super indico, mesmo.

Beijos e até a próxima.