25.2.12

[Resenha] Julieta Imortal - Stacey Jay

Título: Julieta Imortal (do original Juliet Immortal)
Autora: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 237
Avaliação: 3/5
Sinopse: Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará de tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela. 


Li esse livro em janeiro, mas por conta de compromissos acadêmicos só to podendo postar a resenha agora.
Lembro que a cada resenha que saía eu fica cada vez mais louca pra lê-lo. Acho que foi isso que atrapalhou. Eu fui com tanta expectativa ler o livro, que acabou não sendo tudo aquilo que eu esperava. Mas, vamos ao que interessa:
Esqueça a história de Shakespeare! Julieta não se suicidou. Na verdade, ela foi assassinada por Romeu Montechio, o amor de sua vida, que pretendia se tornar imortal.
O que ele não esperava era que Julieta também se tornaria imortal e eles estariam fadados a lutar eternamente um contra o outro, encarnação após encarnação. Ele do lado dos Mercenários, fazendo o possível para separar um casal de almas gêmeas. Ela do lado dos Embaixadores da Luz, fazendo o possível para unir esse mesmo casal para sempre.
Mas, é quando reencarna novamente, depois de um tempo mais curto que o normal, que Julieta percebe que as coisas estão diferentes. Agora ela é Ariel, uma garota cheia de medos e ressentimentos e terá que juntar sua melhor amiga, Gemma, a Ben, um garoto encantador que salvou sua vida enquanto ela fugia de Romeu.
Tudo seria muito simples se os Embaixadores não tivessem sumido, se Romeu não estivesse tão perto e se Ben não mexesse tanto com ela.
A estória é bastante interessante. Uma mitologia completamente diferente de tudo que eu já havia lido. E, antes que vocês questionem, eu também pensei que era algo que envolvia vampiros pelo 'imortal' no título. Mas não é nada disso e Stacey merece ser parabenizada por criar algo tão inovador.
Porém, ela se enrolou um pouco no decorrer da história e, ao meu ver, deixou algumas pontas soltas. Sem contar que o final foi... frustrante. Demais!
Contudo, é óbvio que o livro tem seus pontos super positivos. Os personagens são um exemplo.
Romeu foi o que mais me encantou. Seu jeito facínora e sedutor abalou as estruturas do meu oração rs. Sem contar que ele é lindo! E mesmo com suas maldades, no decorrer do livro ele vai mostrando que pode ser amado sim.
Também gostei muito de Ben. Ele tão fofo e atencioso que derreteu. E o cabelo como faz? Eu piro em cara de cabelo comprido rs. Muito, muito perfeito <3
Já Julieta, eu não gostei tanto assim. Não gosto de personagens que se culpam o tempo inteiro e são extremamente altruístas. Isso me irrita profundamente.
No mais, o livro é bom se tu não esperas tanta coisa assim. Uma estória inovadora e que tu vais adorar se, como eu já disse, não for com tantas expectativas.

Um super beijo e até a próxima.