9.10.10

Cola: o princípio da corrupção.

Vivemos em um país extremamente corrupto. A corrupção está enraizada em nosso cotidiano e de nada adianta reclamarmos dos políticos, se não atentarmos para péssimas atitudes que se perpetuam, como a cola.
Colar ou "passar cola" é quase uma obrigatoriedade nas escolas brasileiras. Diversas vezes o "esquema de cola" envolve planos e estratégias minuciosamente pensados. Uma espécie de rede, onde existe o que resolve a prova e os demais, que só aguardam as respostas. Seria excelente, se nossos estudantes utilizassem todo seu intelecto para algo proveitoso.
Porém, não podemos culpar nossos alunos por algo que já existia antes deles nascerem. É cultural. A cola é resultado do famoso "jeitinho brasileiro" de que tanto nos orgulhamos. Aquele péssimo hábito de querer "se dar bem" a qualquer custo nem que para isso precise de um suborno aqui, uma "trapaceadinha" ali ou uma "colinha" acolá.
Se analisarmos, vamos perceber que ser desonesto já é algo tão natural no Brasil, que toda vez que não trapaceamos somo tachados de "burros". Sim, a sociedade considera normal, um aluno só passar de ano porque foi esperto o bastante para conseguir colar de alguém "gente fina", que estudou bastante para resolver a prova por ele. E o conhecimento onde fica? De que vale um boletim recheado de notas dez, se na verdade não foi fruto do nosso esforço?
E o pior, é que depois de tudo isso, ainda ficamos indignados ao ouvir casos de médicos que esquecem bisturis em pacientes, advogados que não sabem leis e políticos corruptos. Tudo isso é fruto de nossos péssimos hábitos costumes, esse "jeitinho" terrível. Não podemos reclamar se fecharmos os olhos para situações rotineiras. Nós podemos ser mais que um povo trapaceiro, e nada melhor, que construirmos estudantes à base de valores e esforço e não de esperteza e cola.

9 comentários:

João Bosco Maia disse...

Estive já por aqui e cá estou outra vez. Belo espaço para as letras e para remover este triste índice de leitura de 2 livros/ano por brasileiro. Na Argentina, são dezoito livros/ano.
Te convido a conhecer meus romances. Três deles estão disponíveis inclusive para serem baixados “de grátis”, em formato PDF.
Um grande abraço e boa leitura!
João Bosco Maia

Amanda disse...

Ah certo, estão disponíveis aonde??
obrigada por visitar :D

João Bosco Maia disse...

Amanda, fico grato por entrar na tua lista de leitura. Aguardarei inclusive um futuro comentário. Meus livros estão disponíveis na Livraria Jinkings (Rua dos Tamoios-Batista Campos), Editora Paka-Tatu (14 de Março - Reduto) Loja Da Tribu (atrás do Santuário de Fátima-Fátima). Um abraço.

Amanda disse...

Certo, irei procurá-los, e em breve, postarei uma resenha aqui no blog :D
abraço

Marcela Santos disse...

Boa sacada, Amanda! ;)

Amanda disse...

Obrigada Marcela :D

Clarissa Oliveira disse...

Leve, porém consciente.
Divertido, mas nos faz sentir culpados pelos erros cometidos na época da escola.

Eu simplesmente adorei!

Amanda disse...

Ahh eu fico feliz em saber que gostaste Clarissa *___*

Carla Luz disse...

Gostei muito do seu post. Realmente, a corrupção começa na cola da escola... não tinha parado pra pensar por esse ângulo,mas você tem razão.
Todo o nosso sistema escolar tem erros terríveis e a cola só vem para juntar um monte de falcatruas por aí.
Legal, bom saber que existem pessoas consciêntes no mundo.